Games

Dust: An Elysian Tail

[Comece com o pé direito] Dicas para quem vai jogar Dust: An Elysian Tail

3

Os Arcades não se cansam de me surpreender. Dust: An Elysian Tail me divertiu e prendeu minha atenção por horas com seu visual único que faz o jogo inteiro parecer um quadro pintado a mão, seu gameplay instigante e tudo isso embalado em uma trilha sonora épica. São jogos assim, divertidos e bem feitos, que me lembram o porquê de eu gostar tanto de vídeo games.

Se você está começando a jogar e acabou de conhecer Dust, Fidget e Ahrah, reuni algumas dicas que podem ser muito úteis ao longo de sua jornada.

 

Aumente a dificuldade

Esse é um jogo fácil. Se você é um jogador com o mínimo de Mais...

capa_evento

Niterói recebe principal evento internacional que mescla saúde e jogos

1

Entre os dias 14 e 16 de maio desse ano, Niterói, município da região metropolitana do Rio de Janeiro, receberá a edição anual do SeGAH – 3rd IEEE Conference on Serious Games and Applications for Health – evento que tem se destacado desde 2011 como um dos mais importantes do mundo a discutir o uso dos jogos e suas tecnologias no mundo da medicina, saúde pública e educação para a saúde.

Idealizado pelo Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), o SeGAH está sendo realizado pela primeira vez fora da Europa, sendo organizado no Brasil pela Universidade Federal Fluminense com apoio da GF

Mais...

Sleeping_Dogs_-_Square_Enix_video_game_cover

[Comece com o pé direito] Dicas para quem vai jogar Sleeping Dogs

1

Acabei de completar Sleeping Dogs. O jogo é um mundo aberto que se passa em Hong Kong e tem como protagonista Wei Shen, um policial disfarçado que se infiltra na Sun On Yee, a maior organização criminosa do lugar. Seu passado em Hong Kong e os novos “amigos” que Wei faz entre os gangsters lentamente o transformam em um dos criminosos mais perigosos, e levanta questões sobre o que afinal ele está se tornando.

Para complicar ainda mais as coisas Shen logo se vê em uma guerra entre gangues rivais pelo controle da organização e em meio às traições e grandes perdas precisa colocar seus pensamentos Mais...

Smash_in_Arena_9_Midia08

Rio de Janeiro recebe campeonato de games com prêmios em dinheiro

1

O Rio de Janeiro se prepara para receber competidores de todo o Brasil, para participarem de um dos mais badalados eventos da cidade: palco de grandes disputas, a edição 2013 da Liga Games Festival promete trazer o melhor do cenário competitivo dos jogos de consoles em um evento repleto de atrações.

Com entrada gratuita, a edição anual do evento contará com três campeonatos simultâneos (Super Smash Bros. Brawl, Ultimate Marvel Vs. Capcom 3 e Pro Evolution Soccer 2013), que já tiveram os valores de sua premiação aos três melhores colocados anunciados pela empresa organizadora, a Games Mais...

screenshots-2147-4424

Você realmente devia prestar mais atenção nesses jogos de Android e iOS

7

Eu não tenho tido muito tempo livre ultimamente. Nos poucos momentos que me sobram a última coisa que eu quero é ficar em casa trancado numa sala jogando videogames. Eu passo o dia todo lidando com computadores, no estágio e depois na universidade, então quando posso eu prefiro sair, visitar pessoas que não vejo há tempos, ir ao cinema ou qualquer coisa que tire minha cara dessas benditas telas e dispositivos.

Sendo assim acabei deixando o status de gamer hardcore e me tornei o que hoje chamam de casual gamer. Ainda acho essa distinção ridícula, gamer é gamer e ponto final, uns jogam menos Mais...

Imagem: Angry Video Game Nerd, do site Cinemassacre.

Conquistas e Troféus arruinaram os games

4

Imagem: Angry Video Game Nerd, do site Cinemassacre.

Preciso dizer, as Conquistas/Troféus, junto com o Online Pass, foram a pior coisa dessa geração.

Na teoria a ideia parece perfeita, dê aos jogadores uma série de desafios e os recompense com alguns pontos e uma insígnia, um troféu, algo que simbolize a conquista e que ele possa exibir com orgulho. Em um cenário onde os games custam cada vez mais caro para serem produzidos e as empresas declararam guerra ao escambo e venda de jogos usados qualquer método que garanta com que seu jogo permaneça na bandeja do console por mais tempo é sempre Mais...

arcade_logo_mini

Vamos falar dos Arcades e de como eles foram o melhor dessa geração

0

Nessa geração me diverti mais com a Live Arcade do que com os grandes blockbusters desse nosso movimentado e caro mercado de games.

E não gastei muito pra isso. Aproveitei sabiamente, e em tantas vezes comprei por impulso mesmo, as diversas promoções que aconteceram ao longo dos anos. O resultado é uma biblioteca de jogos baratos, que me custaram em média uns 5 ou 10 reais cada, e que renderam muitas horas da mais pura diversão simples e descompromissada. Afinal, é pra isso que servem os games, não?

Você pode argumentar que um Arcade jamais vai chegar ao nível de um Skyrim ou Halo. E não vai Mais...

enslaved-20100325110702811

Esse é… Enslaved: Odyssey to the West

1

Apesar da pouca atenção que recebeu na época do seu lançamento (afinal dividiu a data com ninguém menos que Castlevania: Lords of Shadow), Enslaved: Odyssey to the West provou ser um bom game. Baseado no clássico da literatura chinesa Jornada ao Oeste, essa reinterpretação do estúdio Ninja Theory traz uma abordagem futurista sobre o conto. O resultado é um game visualmente lindo, com um voice acting impecável, história excelente e um dos melhores desenvolvimentos de personagens dessa geração.

Esse é… Enslaved: Odyssey to the West.

 

images

Esse é… Rayman Origins

0

O mascote da Ubisoft há anos não empolgava em seus games. Após muito tempo de lançamentos mornos eis que Rayman está de volta naquele que se consagra como o melhor game de plataforma dessa geração. E também o mais bonito, sem dúvidas.

Rayman Origins surpreendeu a crítica e os jogadores com ação de qualidade, gráficos maravilhosos e desafio empolgante.

Eu e Flávio Gallo comentamos ao máximo o jogo pra você. Mas mesmo todo comentário ainda é pouco quando se trata desse game. Assista, vença a preguiça e deixe-nos um comentário dizendo o que achou. Sua opinião é sempre muito bem-vinda!

ouya_interface

Ouya: O console de games baseado em Android que quer se tornar lar dos hackers e desenvolvedores

8

A nova aposta do mundo dos games é o Ouya (pronuncia-se OOO-yah), um console baseado em Android que, além de focar nos jogadores comuns está pronto para os indies e hackers custando apenas US$ 99. Para levantar fundos o projeto começou uma iniciativa no Kickstarter e arrecadou três milhões de dólares (o objetivo era alcançar “apenas” 950 mil) em dois dias.

Desenvolvido pelas mãos de veteranos como Yves Behar (do projeto One Laptop Per Child), Ed Fries (do primeiro Xbox) e Muffi Ghadiali (um dos participantes da equipe que criou o Kindle da Amazon), o grande diferencial do Ouya é que ele Mais...

Ir ao Topo