Steve Jobs não era nenhum desenvolvedor, ao longo de sua vida ele não redigiu uma linha de código que estivesse presente nos produtos da Apple. Também não era engenheiro, designer e nenhuma outra dessas profissões fortemente ligadas à tecnologia. Entretanto, sem ele a computação pessoal não seria essa que conhecemos hoje.

Mesmo sem executar papéis operacionais, Jobs foi peça fundamental em algumas das mais importantes inovações no ramo da computação, desde o Apple 2 até o iPod, iPhone e iPad, liderando equipes, vetando ideias que julgava serem péssimas e, muitas vezes, forçando a aceitação Mais...