jobs

Após ter uma biografia condensada em um livro de pouco mais de 600 páginas (o qual estou terminando de ler), Steve Jobs agora terá sua história contada por Hollywood. E isso deixou muita gente receosa.

Jobs não era nenhum santo. Famoso por sua rispidez, seus ataques de raiva e teimosia, definitivamente não era uma pessoa fácil de se lidar. Entretanto, sem ele não teríamos a Apple, iPhones, iPads, iPods e toda a linha Mac. Também não teríamos a Pixar produzindo seus filmes espetaculares e, mais importante ainda, sem Steve a computação pessoal não seria a mesma. Seus produtos revolucionaram os computadores e a maneira como interagimos com eles.

Com certeza Hollywood vai enfeitar e romantizar muito mais a história toda (afinal, é cinema) e o receio é que transformem Steve em um gênio incompreendido. Entretanto, pelos trailers dá pra perceber que os pontos principais serão abordados, o abandono da Universidade, a amizade com Steve Wozniak, a criação da Apple, os primeiros produtos, sua expulsão da empresa, os anos seguintes com a fundação da NeXT e a compra da Pixar e seu posterior retorno para a Apple, que na época estava na pior, resgatando a empresa e tornando-a novamente um grande sucesso.

Ashton Kutcher interpreta Jobs e não deixa dúvidas de que estava totalmente preparado para o papel (sempre achei os dois meio parecidos mesmo). O filme vem sendo bem elogiado pela crítica lá fora. A estréia no Brasil acontece dia 1º de Novembro e você devia assistir. Apesar de ser uma pessoa complicada Steve tinha muito à ensinar.

 

 

***

Foto 07: Olha a merda do buraco!

Foto 07: Olha a merda do buraco!!

A postagem e imagem acima fazem parte do desafio Tente algo novo por 30 dias.

Leonardo Marinho é apaixonado por games, viciado em tecnologia e apreciador de todas as formas de entretenimento. Quando possível ele tenta ser gamer, manter o Deu Tilt atualizado e levar uma vida normal. Sua consciência ainda não foi afetada pelas intempéries do tempo e ele aproveita essa façanha para redigir textos coerentes para o Deu Tilt. Ele faz o que pode…

Twitter YouTube